Pensando sempre em trazer informação de qualidade para nossos atletas, conversamos com Priscila Machado, nutricionista da Confederação Brasileira de Triathlon, sobre a importância de uma boa alimentação para a performance no esporte. Confira algumas dicas:

- Carboidratos e gorduras têm funções energéticas

- As gorduras também são importantes para o sistema imune e de reparo e regeneração

- As proteínas atuam em construções diversas no organismo

Segundo Priscila, a ingestão correta de nutrientes pode produzir diferentes respostas de energia e de coordenação e isso pode fazer o atleta treinar melhor, se recuperar melhor e competir melhor.

As principais diferenças estão no quesito ingestão de micronutrientes como as vitaminas e minerais.

O consumo de alimentos ricos nestes grupos nem sempre é fácil. Comer legumes e frutas diariamente dá trabalho. É preciso se organizar para tal. E isso faz TOTAL diferença no desempenho.

Bioquimicamente falando, os nutrientes exercem suas funções em todos os organismos, se o corpo não tem carências ou problemas de saúde.

Mas é importante ressaltar que a alimentação não funciona igual para todos, pois existem questões específicas e individuais de cada um que vão desde a genética até o funcionamento do tubo digestivo.

Devemos pensar que uma alimentação diversificada é sempre a melhor saída.

Uma boa alimentação deve ser fresca, viva, preparada com muitos alimentos coloridos, sem frituras e corantes ou conservantes.

Suplementos esportivos é um capítulo a parte, pois requer adaptação e momento correto de uso.

Para sua segurança e melhores resultados, é indispensável buscar orientação de um profissional qualificado. 

 

Priscila Machado
Nutricionista da Confederação Brasileira de Triathlon
Mestre em bioquímica nutricional pela UFRJ. É triatleta amadora e biotecnóloga formada pela ETFQ-RJ, além de ser docente da pós-graduação de Medicina Ortomolecular (Fapes-Facis-Ibhe).
http://www.nutricaoedesenvolvimento.com.br/