O aquecimento é uma maneira de dizer à sua mente e ao seu corpo que chegou o momento do exercício. Saiba mais sobre a importância do aquecimento antes de correr.

Os – no mínimo - dez minutos dedicados ao aquecimento proporcionam tempo suficiente para que você analise o que o seu treino incluirá, o que permite que seu cérebro entenda que é hora de começar a produzir determinados tipos de hormônios.

O aquecimento mais indicado inclui cinco minutos de um exercício focado cardiovascular, como uma máquina elíptica, uma esteira ou uma bicicleta etc. Em seguida, deve-se investir em um algum alongamento dinâmico, que movimente seus músculos.

Além disso, é sempre importante priorizar o conforto e utilizar a adequada roupa para ciclismo, corrida ou qualquer outra atividade a ser praticada.

Finalmente, é importante se focar nos músculos específicos que serão trabalhados, dando uma atenção especial a eles e evitando que eles sofram qualquer tipo de lesão durante a prática.

Conheça alguns benefícios de apostar no aquecimento antes de correr

O aquecimento antes de correr não é só importante para evitar lesões, mas também para trazer uma série de benefícios para seu corpo, como:

  • Aumento do fluxo sanguíneo para os músculos;
  • Menor chance de estiramento do músculo;
  • Aquecimento dos músculos, que melhora a elasticidade muscular;
  • Maior alcance de movimento e desempenho em um nível mais alto.

Então, lembre-se de realizar exercícios de aquecimento antes de começar a colocar qualquer tensão séria em seu corpo. Você não vai se arrepender!

Por que o aquecimento antes de correr é importante?

Para muitos, ter tempo suficiente até mesmo para ir à academia e usar a esteira é bastante difícil, o que torna o hábito de se alongar mais raro ainda.

Para os atletas sérios, no entanto, há muita importância em se aquecer antes de correr, antes de trabalhar ou antes de um evento esportivo. Confira alguns benefícios:

  • Aproveitar o tempo para fazer um aquecimento de 10-15 minutos oferece uma série de prevenções ao corpo.
  • Uma recente revisão sistemática da literatura revelou que os atletas que se aqueceram demonstraram uma melhoria de desempenho em 79% dos critérios examinados ao correr - uma forte indicação de que o aquecimento pode fornecer uma vantagem competitiva.
  • Não só o aquecimento é benéfico para o desempenho, mas também é uma maneira rápida e fácil de ajudar a prevenir lesões.
  • Isso ocorre melhorando o comprimento de falha e a elasticidade da unidade músculo-tendão durante a corrida, o que, em última instância, reduz as chances de lesões do atleta.

Qual o tempo necessário de aquecimento antes de correr?

Como regra geral, os atletas com altos níveis de aptidão geralmente precisarão de uma maior quantidade de tempo para se aquecer.

  • Para aquecer músculos mais específicos, os movimentos de aquecimento dinâmico ou aquecimento individual devem ser precisos, fazendo movimentos similares aos que seu esporte ou atividade exigirá.
  • A maioria dos aquecimentos antes de correr não leva muito tempo, apenas de dois a cinco minutos.
  • Para beneficiar-se, a maioria dos aquecimentos antes de correr devem funcionar nos mesmos músculos que estarão envolvidos durante o treino principal.
  • Eles devem incluir exercícios mais leves ou uma versão atenuada do treinamento à frente.

Exemplos

Se você é um corredor, seu melhor aquecimento é o “trotar”, que consiste em uma corrida um pouco mais leve do que a corrida de fato.

  • Se você for usar algum peso corporal durante sua corrida, apostar em rotações nos músculos que serão usados fará com que o sangue flua melhor.

Dica especial: se você está com pouco tempo e está fazendo um treino com peso corporal antes, durante ou depois de sua corrida, você pode renunciar a um aquecimento específico e fazer o primeiro conjunto do circuito se movendo em um ritmo mais lento. Isso contará como aquecimento.

Como a temperatura corporal influencia na corrida?

A temperatura de quando e onde você treina desempenha uma grande diferença em seu resultado.

  • No inverno, nosso corpo mantém a maior parte do fluxo de sangue longe de nossas extremidades, de modo que o aquecimento levará mais tempo.
  • No verão, com temperaturas ambiente mais altas, o corpo já está “semiaquecido” e nossos músculos estão naturalmente mais soltos.
  • Muitos atletas olímpicos tendem a buscar sempre climas mais quentes, para otimizar seus treinos.

O aquecimento antes de correr é fundamental para um melhor desempenho e menos lesões.