A maioria de nós sabe que é importante manter-se hidratado na hora de praticar exercícios físicos. Porém, não sabe o porquê. Entenda a importância desse hábito.

Beber água antes, durante e depois dos exercícios regula a temperatura do seu corpo, fornece nutrientes e oxigênio para suas células e remove resíduos. Mas você sabia que a hidratação adequada também é uma parte importante da prevenção de lesões?

Por que é preciso manter-se hidratado durante a prática de exercícios físicos?

A hidratação durante o exercício não é opcional. A água é um elemento necessário para a sobrevivência. Um corpo totalmente hidratado é de cerca de 50-65% de água (o resto é músculo, ossos, órgãos e gordura).

Perder apenas 1% do conteúdo de água do seu corpo ao suar quando você se exercita pode colocá-lo em risco de doenças e lesões, particularmente em climas quentes ou úmidos.

A longo prazo, não beber água o suficiente diariamente pode ter múltiplos efeitos negativos na sua saúde. Conheça os benefícios dessa prática:

  • Melhora a circulação;
  • Reduz a pressão arterial elevada;
  • Regula a temperatura corporal;
  • Ajuda a controlar os níveis de colesterol;
  • Melhora a função cerebral;
  • Transporta nutrientes e oxigênio para suas células;
  • Protege os rins, a bexiga e o intestino das toxinas e bactérias;
  • Promove a digestão adequada e a absorção de nutrientes;
  • Hidrata a pele e as mucosas;
  • Ajuda a controlar o peso.

Não se hidratar o suficiente pode levar todos esses sistemas para fora do seu equilíbrio, o que pode levar a problemas de saúde cardíaca, de digestão, do sistema nervoso e do sistema endócrino.

Além disso, a roupa inadequada para a prática de exercícios físicos também pode acentuar o quadro de desidratação. Por isso, pesquise e verifique qual é o tipo ideal de traje a ser usado, como uma bermuda para ciclismo, tênis adequados para correr, entre outros.

Sintomas de desidratação e seus efeitos secundários

Como você sabe se está desidratado? Se você está com sede, você já está desidratado. Além deste, outros sintomas da desidratação incluem:

  • Secura dos lábios, boca ou língua;
  • Energia reduzida ou apatia;                                                            
  • Alterações na urina: micção pouco frequente, em pequeno volume de urina (geralmente em tonalidade amarelo escura);
  • Um declínio súbito de humor, força, coordenação ou a capacidade de tomar decisões.                                                                                                          

Muitas pessoas não percebem que a desidratação também afeta o sistema musculoesquelético, o que é extremamente perigoso.

Como a desidratação afeta seus músculos e articulações?

Não apostar na hidratação adequada durante a prática de exercícios físicos pode causar problemas sérios para seu corpo:

  • Câimbras: Seu corpo precisa de água e eletrólitos (sódio, potássio, magnésio, cálcio e cloreto) para suportar as contrações musculares normais. Quando você sua muito durante os exercícios, você perde ambos, causando as câimbras.
  • Problemas na cartilagem: a água e os eletrólitos são essenciais para a entrega de nutrientes que ajudam na reparação da cartilagem, mesmo quando ela não está ferida. Se bebe quantidades insuficientes de água, o desgaste da sua cartilagem (especialmente nos joelhos) supera a capacidade do corpo de gerar novas células, o que pode resultar em lesões sérias.
  • Fricção nas juntas: a cartilagem é feita de colágeno, proteínas, células, líquido sinovial e água - até 80% de água. Essa composição amortece seus ossos quando eles carregam peso ou recebem pressão. Ou seja, manter-se hidratado é o primeiro passo para evitar lesões.

A desidratação pode ferir a sua cartilagem e causar desgaste, o que pode levar a condições dolorosas, como a osteoartrite.

Todos precisamos nos manter hidratados para nos mantermos saudáveis. Porém, se você é mais ativo ou atlético, a hidratação é ainda mais importante porque você está perdendo água ao suar. Se você deseja evitar lesões, a reposição de água e eletrólitos precisa ser um pilar da sua rotina de treinamento esportivo.

Hidratação pré-treino

No dia anterior ao treino ou à execução de qualquer tipo de exercício, é importante começar a hidratação.

  • Tente beber cerca de meio litro de fluidos cerca de duas horas antes de um treino para dar tempo ao seu corpo para se preparar, bem como para esvaziar sua bexiga antes do treino.
  • Tenha em mente que se você estiver participando de um evento atlético onde você se exercita intensamente por mais de uma hora, é preciso estar preparado em dobro.

Hidratação pós-treino

A transpiração causa uma perda de sódio no corpo, especialmente em dias quentes e úmidos.

  • Durante o exercício pesado, que envolve muita transpiração, é vital reabastecer os níveis de sódio, consumindo cerca de 1 grama por hora.
  • Além da água, isotônicos e alimentos como ovos e queijo são algumas maneiras de substituir a perda de sódio.

Conhecendo essas dicas para manter-se hidratado durante a prática de exercícios, você estará sempre seguro e preparado para qualquer desafio!